Reportagem

"Indignados" da Puerta Del Sol levantam acampamento

Áudio 01:35
Após quatro semanas de protestos, os manifestantes começam a desmontar o acampamento na capital espanhola.
Após quatro semanas de protestos, os manifestantes começam a desmontar o acampamento na capital espanhola. Reuters

Após quatro semanas de protestos, os "indignados" da Puerta Del Sol decidiram deixar a famosa praça da capital espanhola. Baseado no slogam “Sem casa, sem trabalho, sem medo”, o movimento, nascido no dia 15 de maio (e por isso conhecido por 15-M), pedia melhores condições sociais e econômicas. Mas ao deixarem a praça, os manifestantes afirmaram que um movimento descentralizado e itinerante continuará existindo pelos bairros de Madri.Victória Álvares, em colaboração para RFI