Acessar o conteúdo principal
Linha Direta

Vulcão chileno castiga turismo em Bariloche e na Patagônia

Áudio 04:33
O Lago Nahuel Huapi, em Bariloche, famoso por suas águas azul-turquesa, foi invandido pelas cinzas da erupção do Vulcão Puyehue.
O Lago Nahuel Huapi, em Bariloche, famoso por suas águas azul-turquesa, foi invandido pelas cinzas da erupção do Vulcão Puyehue. Reuters

A nuvem de cinzas do vulcão chileno que entrou em erupção há dez dias continua causando problemas no tráfego aéreo da região. Voos foram cancelados no Chile, na Argentina, no Uruguai e no Brasil. Na outra margem do Pacífico, companhias aéreas australianas e neozelandesas anularam 200 voos, prejudicando o transporte de pelo menos 60 mil passageiros. O correspondente da RFI em Buenos Aires, Marcio Resende, comenta o impacto do incidente no setor turístico. São Carlos de Bariloche e Villa Angostura, as duas cidades argentinas mais procuradas pelos brasileiros que buscam neve nas férias de inverno, foram abandonadas pelos turistas. Com medo das cinzas do vulcão, eles deixaram a região por terra. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.