Linha Direta

Novo primeiro-ministro vai anunciar governo após acordo político

Áudio 04:24
O primeiro-ministro portugues, Pedro Passos Coelho
O primeiro-ministro portugues, Pedro Passos Coelho Reuters

A Comissão Eleitoral de Portugal, confirmou na madrugada desta quinta-feira os votos dos imigrantes portugueses no Rio de Janeiro nas eleições legislativas de 5 de junho, indeferindo um pedido da oposição socialista que contestava a validade dos votos, uma manobra para tentar atrasar a formação do novo governo. A Comissão não se pronunciou sobre uma eventual irregularidade, mas considerou que os votos no Rio de Janeiro não iriam alterar o resultado final da votação. Na quarta-feira o presidente Cavaco Silva indicou Pedro Passos Coelho do Partido Social Democrático (PSD) para o cargo de primeiro-ministro. Vencedor das legislativas de 5 de junho, o PSD deve oficializar um acordo político com os conservadores da coalização CDS-PP, terceiro colocado na votação, para conseguir formar o novo governo.