Linha Direta

UE deverá envolver credores privados na solução da dívida grega

Áudio 04:36
O Primeiro Ministro Andréas Papandreous e o Ministro das Finanças Evangélos Venizélos.
O Primeiro Ministro Andréas Papandreous e o Ministro das Finanças Evangélos Venizélos. 路透社

Após uma maratona de oito horas de negociações, os ministros das Finanças da zona do euro não conseguiram chegar a um acordo formal sobre o desembolso de uma nova injeção de 12 bilhões de euros, correspondente a quinta parcela do pacote de 110 bilhões de euros da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional, aprovado no ano passado. A decisão foi adiada para julho próximo. Os ministros europeus parecem, no entanto, estar chegando a um consenso sobre a polêmica proposta da Alemanha, de envolver os credores privados na solução da dívida pública da Grécia. No programa Linha Direta, ouça mais informações sobre a crise grega com nossa correspondente em Bruxelas, Letícia Fonseca.