Acessar o conteúdo principal
Linha Direta

Radicais italianos contra vantagens fiscais da Igreja Católica

Áudio 04:24
Novo movimento quer que Igreja se una ao povo no sacrifício econômico.
Novo movimento quer que Igreja se una ao povo no sacrifício econômico.
Por: Leticia Constant

A economia italiana vai mal. Neste ano, o governo de Silvio Berlusconi já instaurou dois planos de austeridade para conter o déficit público: um primeiro plano em julho, de 70 bilhões de euros, e um segundo, em agosto, no valor de 45,5 bilhões de euros. Estes pacotes exigem sacrifícios dos cidadãos e um movimento começa a se fortalecer no país contra um verdadeiro tabu: as vantagens fiscais da Igreja Católica. O correspondente em Roma, Rafael Belincanta, explica quais são as exonerações que revoltam os iniciantes do movimento, os membros do Partido Radical italiano.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.