Imprensa

Condenação de Chirac abre caminho à reforma do estatuto penal do chefe de Estado

O ex-presidente Jacques Chirac foi condenado ontem a dois anos de prisão com sursis no julgamento sobre os empregos-fantasma da prefeitura de Paris.
O ex-presidente Jacques Chirac foi condenado ontem a dois anos de prisão com sursis no julgamento sobre os empregos-fantasma da prefeitura de Paris. REUTERS

Os jornais desta sexta-feira, 16 de dezembro, dedicam suas capas a duas manchetes: a condenação do ex-presidente Jacques Chirac a dois anos de prisão e a recessão na economia francesa.

Publicidade

Sobre a condenação de Jacques Chirac, o jornal de esquerda Libération parabeniza a independência da Justiça no caso, ao mesmo tempo em que reconhece o frágil estado de saúde e a idade avançada do ex-presidente. Para o jornal, a maior virtude dessa condenação tardia, 20 anos após os acontecimentos, é o questionamento da imunidade quase ilimitada de que Chirac se beneficiou durante todo esse tempo.

Libération afirma ter certeza de que juristas e legisladores serão capazes de rever a Constituição francesa e criar um outro estatuto penal para os chefes de Estado e de governo franceses. Em duas páginas de reportagem, Libération mostra como Chirac abafou, durante duas décadas, as acusações de irregularidade administrativa que pesavam contra ele. Os simpatizantes de Chirac estão tristes, diz Libération, mas para a esquerda a condenação é um alívio.

Exibindo a imagem de um ex-presidente abatido pela idade - Chirac está com 79 anos - e pelos problemas cognitivos, o jornal Aujourd'hui en France afirma que a trajetória política do ex-presidente termina mal.

O diário econômico Les Echos e o conservador Le Figaro destacam em manchete a entrada da França em recessão no quarto trimestre de 2011. Les Echos ouviu uma série de analistas que consideram impossível o governo francês atingir suas metas de redução da dívida e do déficit público sem novas medidas de austeridade. Le Figaro assinala que os franceses estão consumindo menos, com medo da tensão no mercado de trabalho no ano que vem.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.