Acessar o conteúdo principal
História/EUA

Cem anos após naufrágio, mais de 5 mil objetos do Titanic serão leiloados

Este relógio de bolso recuperado dos destroços do Titanic é um dos objetos que serão leiloados em abril em Nova York.
Este relógio de bolso recuperado dos destroços do Titanic é um dos objetos que serão leiloados em abril em Nova York. REUTERS
Texto por: RFI
1 min

Cem anos após o naufrágio do Titanic, mais de 5.500 objetos encontrados no fundo do oceano, como louça, documentos, roupas, jóias e até pedaços do lendário navio serão leiloados em Nova York no dia 11 de abril.

Publicidade

O anúncio foi feito nesta quinta-feira pela casa de leilões Guernsey's, que não deu nenhuma estimativa para o valor que espera arrecadar com a venda.

Os objetos serão vendidos em um único lote, devido a uma decisão judiciária que impede que eles sejam dispersos. Em 2007 a coleção foi estimada em US$ 189 milhões, o equivalente a R$ 347 milhões.

Todos os objetos foram encontrados no fundo do oceano durante sete expedições conduzidas nos últimos 25 anos pela empresa RMS Titanic ao local onde se encontram os destroços do navio, ao sul da ilha de Terra Nova, no Canadá.

Maior e mais luxuoso navio de passageiros da sua época, o Titanic afundou na noite do dia 14 para o dia 15 de abril de 1912, após bater em um iceberg em sua viagem inaugural, de Southampton, na Inglaterra, até Nova York. Mais de 2.200 pessoas de 40 nacionalidades diferentes estavam a bordo do navio, e cerca de 1.500 morreram no naufrágio. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.