Acessar o conteúdo principal
Linha Direta

Europeus aprovam sanções contra petróleo e Banco Central do Irã

Áudio 04:52
O ministro italiano das Relações Exteriores, Giulio Terzi, e seu colega alemão, Uri Rosenthal (d), durante encontro em Bruxelas, que definiu novos embargos ao petróleo iraniano nesta segunda-feira.
O ministro italiano das Relações Exteriores, Giulio Terzi, e seu colega alemão, Uri Rosenthal (d), durante encontro em Bruxelas, que definiu novos embargos ao petróleo iraniano nesta segunda-feira.
Por: Elcio Ramalho

A aprovação dos 27 países da União Europeia de um embargo gradual às importações de petróleo do Irã e as medidas visando diretamente o Banco Central do país, poderá complicar a situação da economia, já bastante afetada por sanções anteriores dos Estados Unidos e dos próprios europeus. O regime iraniano, que exporta 20% de suas produção de petróleo para os europeus, deve atrair menos investimentos e a população teme um aumento de desemprego e alta no custo de vida.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.