Acessar o conteúdo principal
Cultura

Cinema da Boca do Lixo é destaque no festival de Roterdã

Áudio 04:15
Cena do filme "Vítimas do Prazer", de Carlos Cunha
Cena do filme "Vítimas do Prazer", de Carlos Cunha International Film Festival Rotterdam
Por: Patricia Moribe
6 min

O Cinema da Boca do Lixo é um dos destaques deste ano do Festival Internacional de Roterdã, na Holanda. O movimento - que começou nos anos 60, teve auge nos anos 70 e foi declinando na década seguinte - foi um importante celeiro de cineastas do chamado cinema marginal, como Rogério Sganzerla, Carlos Reichenbach, José Mojica Marins ( o famoso Zé do Caixão) e Ozualdo Candeias. Foi nessa Boca do Lixo, região do centro velho de São Paulo, hoje mais conhecida como Cracolândia, que também surgiu a pornochanchada. Conversamos com o ator, diretor e produtor independente Carlos Cunha. Ele, que até hoje encarna o Analista de Bagé em peças pelo Brasil afora, também participou ativamente desse cinema da Boca.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.