Atentados de Toulouse podem favorecer Sarkozy, diz socióloga

Áudio 03:49
Policiais do Raid, a tropa de elite francesa, após ação que culminou com a morte do assassino de Toulouse, nesta quinta-feira.
Policiais do Raid, a tropa de elite francesa, após ação que culminou com a morte do assassino de Toulouse, nesta quinta-feira. REUTERS/Pascal Parrot

O drama de Toulouse teve um desfecho sangrento nesta quinta-feira, com a morte de Mohamed Merah, que assassinou sete pessoas, incluindo três crianças. O evento agora apresenta desdobramentos políticos. Para a socióloga Camille Goirand, professora de Ciências Políticas da Universidade de Lille, os atentados de Toulouse foram uma “oportunidade imprevista” na campanha eleitoral, principalmente para o presidente Nicolas Sarkozy.