Acessar o conteúdo principal
Linha Direta

Brasil gera empregos mas pode ser afetado por crise mundial, alerta OIT

Áudio 04:24
Metalúrgico trabalhando em uma fábrica em São Paulo.
Metalúrgico trabalhando em uma fábrica em São Paulo. REUTERS/Nacho Doce
6 min

As políticas de austeridade vão custar caro para os trabalhadores em todo o mundo, especialmente na Europa. Segundo o novo relatório da OIT, a Organização Internacional do Trabalho, divulgado nesta segunda-feira, um total de 202 milhões de trabalhadores estarão desempregados até o final de 2012. As estimativas representam um aumento de 6 milhões de pessoas à procura de trabalho em relação a 2011. Mas, de acordo com o documento da OIT, os países emergentes se saem melhor e o Brasil é citado como um exemplo de geração de empregos. O país está no grupo das 10 economias que mais criaram postos de trabalho nos últimos 3 anos. O correspondente da RFI em Genebra, Jamil Chade, lembra, no entanto, que a OIT traz um alerta de que a crise no velho continente pode afetar a oferta de empregos em qualquer região do planeta.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.