Acessar o conteúdo principal
Espanha/ Crise

Espanha emite 2,2 bi de euros, apesar das altas taxas

Espanha espera o resultado da auditoria de seus bancos que deve sair nesta quinta-feira (21), para pedir ajuda financeira à UE.
Espanha espera o resultado da auditoria de seus bancos que deve sair nesta quinta-feira (21), para pedir ajuda financeira à UE. REUTERS/Albert Gea
Texto por: RFI
2 min

O Tesouro espanhol voltou a testar o apetite dos investidores e fez uma nova emissão de títulos. No total, a Espanha conseguiu emitir 2,2 bilhões de euros com vencimento para dois, três e cinco anos. Mais uma vez, os compradores castigaram o país.

Publicidade

A taxa para os títulos de dois anos dobrou e passou para 4,7%. Para os títulos de vencimento em três anos, ela ficou em 5,4% e para os papéis de cinco anos, 6%.

Segundo a imprensa espanhola, esta é a primeira vez desde a criação do euro que a Espanha supera a barreira simbólica de 6% para seus títulos de cinco anos.

Este aumento das taxas mostra as tensões persistentes nos mercados, impacientes para saber quanto a zona do euro deve empresar à Espanha para recapitalizar seu setor bancário.

O Eurogrupo concordou, no começo do mês, a conceder uma ajuda financeira ao país de até 100 bilhões (aproximadamente 230 bilhões de reais), mas Madri deve precisar o valor e apresentar seu pedido oficial.

O governo espanhol deve anunciar hoje à tarde os resultados das auditorias realizadas pelos grupos de consultoria Roland Berger e Oliver Wyman, que analisaram as necessidades dos bancos espanhóis.

Madri poderia apresentar seu pedido oficial de ajuda logo depois, aproveitando a reunião de ministro de Finanças do Eurogrupo em Luxemburgo.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.