Cultura

Diretor suíço reinterpreta 'My Fair Lady'

Áudio 04:48
"My Fair Lady", inspirado no clássico da Broadway, presente no Festival de Avignon 2012.
"My Fair Lady", inspirado no clássico da Broadway, presente no Festival de Avignon 2012. © Judith Schlosser

Enviada especial a Avignon'My Fair Lady', a famosa comédia musical da Broadway, ganha uma releitura teatral das mais inesperadas no Festival de Avignon. O diretor suíço-alemão Christoph Marthaler transporta para um laboratório de línguas dos anos 60 o professor Higgins e a florista Eliza Doolittle, interpretada no cinema pela inigualável Audrey Hepburn.Músico e dramaturgo, Marthaler alia neste espetáculo um incrível trabalho de canto e de direção de ator, numa paródia surrealista de 'My Fair Lady'. Ele parte da história ingênua de um lorde inglês que quer ensinar a norma culta para uma florista popular e instaura uma espécie de « folia musical », encenada por um coral que mistura exercícios de dicção repetitivos e cômicos com interpretações vocais de grande sensibilidade.Clique acima para ouvir a entrevista da professora de teatro Maria Lúcia Pupo, do Departamento de Artes Cênicas da USP, que está em Avignon e assistiu a estreia do espetáculo «My Fair Lady, um laboratório de línguas». Nessa entrevista, ela fala sobre a peça e sobre a programação desta edição do festival, que ela frequenta todos os anos.