Acessar o conteúdo principal
Japão/China

China adia cerimônia de celebração de laços com Japão

Manifestantes demonstram em Tóquio contra a China na disputa por ilhas no Mar da China Oriental.
Manifestantes demonstram em Tóquio contra a China na disputa por ilhas no Mar da China Oriental. Reuters
2 min

A China adiou neste domingo uma cerimônia marcando os 40 anos do estabelecimento de laços diplomáticos com o Japão. A causa foi a atual disputa territorial de um arquipélago no Mar da China Oriental administrado pelo Japão e reivindicado pela China. A informação foi divulgada pela agência chinesa Xinhua.

Publicidade

A cerimônia estava prevista para acontecer na quinta feira. As duas potências asiáticas vêm disputando as ilhas desde os anos 1970, mas a tensão aumentou em agosto, quando ativistas pró-China desembarcaram no território. Em seguida, o Japão anunciou ter comprado três ilhas de particulares, atiçando a animosidade entre Pequim e Tóquio.

No sábado, centenas de manifestantes protestaram no centro de Tóquio contra a política chinesa. Com bandeiras japonesas, eles denunciavam Pequim como um “Estado violento” e “fascista”. Dias antes, protestos anti-Japão provocaram vandalismos em estabelecimentos e indústrias japonesas em território chin$es.

O arquipélago, chamado Diaoyu pelos chineses e Senkaku pelos japoneses, se situa a 200 quilômetros a leste da costa de Taiwan e a 400 quilômetros a oeste da ilha de Okinawa, no sul do Japão. Além de gás e petróleo, há reservas de pescado na região.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.