Acessar o conteúdo principal
Economia/China

Economia chinesa desacelera pelo terceiro trimestre consecutivo

Governo chinês pretende alcançar a meta de crescimento de 7,5% para todo o ano de 2012.
Governo chinês pretende alcançar a meta de crescimento de 7,5% para todo o ano de 2012. REUTERS/Stringer
Texto por: RFI
2 min

Indicadores apontam que a desaceleração do crescimento da China continuou no terceiro trimestre deste ano, mas a um ritmo mais moderado. Já a atividade econômica do país deu sinais de retomada em setembro. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pelo governo chinês.

Publicidade

O aumento do Produto Interno Bruto chinês caiu no período de julho a setembro para 7,4% ao ano, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas. Trata-se do nível mais baixo desde o início da crise financeira mundial no primeiro trimestre de 2009, quando o crescimento da China chegou a 6,6%.

Nos primeiros nove meses deste ano, a economia cresceu em média 7,7%, o que deixa as autoridades chinesas confiantes de alcançar a meta de 7,5% para todo o ano de 2012.

Os dados sobre o crescimento da China são os últimos indicadores divulgados antes de um congresso crucial do partido comunista no início de novembro, quando uma nova geração de dirigentes deve chegar ao poder no país.

Motor da economia mundial, o país teve um crescimento médio superior a 10% na primeira década do século 21. No entanto, as dificuldades da Europa e dos Estados Unidos, principais mercados para as exportações chinesas, provocaram uma desaceleração nos últimos dois anos.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.