LINHA DIRETA

Referendo nas Ilhas Malvinas aumenta tensão entre Argentina e Grã-Bretanha

Áudio 04:14
A população das Malvinas (para os argentinos) ou Falklands (para os britânicos) foram às urnas neste domingo (10) e hoje (11) em um referendo que decidirá sobre a possibilidade de as ilhas continuarem sendo território britânico ultramarino.
A população das Malvinas (para os argentinos) ou Falklands (para os britânicos) foram às urnas neste domingo (10) e hoje (11) em um referendo que decidirá sobre a possibilidade de as ilhas continuarem sendo território britânico ultramarino. REUTERS/Marcos Brindicci

Malvinas para os argentinos ou Falklands para os britânicos. Os habitantes das ilhas, conhecidos como Kelpers, fazem nesta segunda-feira o segundo dia de um plebiscito considerado histórico pelos ingleses e ilegal pelos argentinos. Os kelpers devem dizer se querem continuar com o status de território britânico ultramarino. O resultado do referendo deve sair ainda na noite desta segunda, com uma vitória ampla do "Sim". Com esse resultado, em teoria, nada mudaria. Mas a estratégia política do resultado é uma mensagem à Argentina, à ONU e ao mundo. Sobre este pôlemico assunto que dura décadas, o Linha Direta de hoje conversa com o correspondente em Buenos Aires, Marcio Resende. Ele também analisa a posição do Brasil diante da disputa pelas Mavinas e a importância dos brasileiros na campanha diplomática, em favor dos argentinos.