77 % dos franceses acham que seus políticos são corruptos

O presidente francês, François Hollande e o ex-ministro do Orçamento, Jérôme Cahuzac, no Palácio do Eliseu em janeiro de 2013.
O presidente francês, François Hollande e o ex-ministro do Orçamento, Jérôme Cahuzac, no Palácio do Eliseu em janeiro de 2013. REUTERS/Philippe Wojazer

A imagem corrupta dos políticos franceses, a resposta do presidente François Hollande à crise provocada pelo seu ex-ministro do Orçamento acusado de lavagem de dinheiro e fraude fiscal e o temor da volta da gripe aviária na China são os destaques da imprensa francesa desta segunda-feira, 8 de abril.  

Publicidade

O presidente François Hollande passou o final de semana preparando um "choque de moralização" afirma o jornal Aujourd' hui en France em referência a medidas que deverão ser anunciadas para dar mais transparência à função pública, que tem sua imagem abalada com o escândalo Cahuzac.

O ex-ministro do Orçamento continuou nas manchetes durante o final de semana com a revelação da imprensa suíça de que Jérôme Cahuzac tentou desviar 15 milhões de euros do Fisco francês e não apenas 600 mil euros. Segundo o jornal, Hollande quer medidas firmes mas sem dar a impressão de ceder às pressões de seus adversários que exigem uma reforma no governo. Enquanto isso o presidente espera que outras notícias ruins não venham atrapalhar seus planos, afirma o Aujourd'hui en France

 

A referência do jornal é com relação aos rumores persistentes de que o chanceler francês Laurent Fabius também teria uma conta na Suíça. O assunto levou o jornal Libération a escrever em título que o pesadelo de Hollande continua. Em entrevista ao jornal, o ministro das Relações Exteriores desmente as informações de que tem conta secreta no país vizinho. O Palácio do Eliseu vive momentos de pânico, garante o Libé, atento à promessa do site Mediapart, o mesmo que revelou o escândalo do ex-ministro Cahuzac, de que tem outra bomba capaz de promover outro terremoto político na França.

O Le Figaro destaca em sua manchete que a decepção dos franceses com seus políticos se amplificou após o caso Cahuzac. A pesquisa encomendada pelo jornal após o escândalo de fraude fiscal envolvendo o ex-ministro do Orçamento revela que 77% dos franceses consideram seus políticos corruptos. E 36% dos entrevistados disseram sentir nojo quando pensam em política.

O jornal Les Echos dedica sua manchete ao temor de um retorno da gripe aviária. Dez anos depois da crise provocada pelo vírus H1N1, a China tenta evitar uma nova epidemia que corre o risco de se tornar uma pandemia, diz o jornal econômico. Das 21 pessoas infectadas pelo vírus H7N9, seis já morreram, lembra o Les Echos. Outros casos suspeitos já apareceram em Taiwan e Hong Kong e o presidente chinês já anunciou que quer transparência sobre o assunto. Do outro lado do Oceano Pacífico, os Estados Unidos disseram que acompanham de perto a situação e devem começar a trabalhar em uma vacina, garante o Les Echos.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.