Gênesis/Fotografia

Fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado abre exposição em Londres

O fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, na abertura de sua exposição "Genesis", em Londres, nesta terça-feira, dia 9 de abril.
O fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, na abertura de sua exposição "Genesis", em Londres, nesta terça-feira, dia 9 de abril. REUTERS/Suzanne Plunkett

Oito anos de viagens por 32 países, visitando lugares inóspitos e com praticamente nenhuma inteferência pelo homem moderno. Essa foi a odisséia realizada pelo aclamado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado entre 2004 e 2011 para produzir seu mais novo trabalho, batizado de Gênesis. A abertura da exposição em Londres teve a presença do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, amigo pessoal de Salgado.

Publicidade

Ulisses Neto, correspondente da RFI em Londres

A obra do fotógrafo brasileiro, que reúne 200 fotos, foi apresentada pela primeira vez na noite desta terça-feira em Londres, no Museu de História Natural da cidade.

Iniciando sua jornada pelas ilhas Galápagos, na costa do Equador, Salgado visitou os extremos do planeta em busca de imagens fascinantes e únicas.

Ulisses Neto, correspondente da RFI em Londres

Falando em inglês durante a abertura de sua exposição, o fotógrafo explicou que no final dos anos 1990, ao encerrar seu projeto sobre movimentos migratórios, estava doente diante de tanta atrocidade vista. Por isso, ao lado da esposa, e curadora do projeto Gênesis, Lélia Salgado, decidiu que era o momento de recuperar as energias em contato com a natureza, começando com um retorno ao Brasil

Gênesis ficará em Londres até o próximo dia 8 de setembro, antes de seguir para cidades como Toronto, Roma, Rio de Janeiro e Paris.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.