Acessar o conteúdo principal
Egito/mubarak

Juiz abandona processo de ex-presidente egípcio Hosni Mubarak

Hosni Moubarak, durante audiência neste sábado (13/04/2013), no Cairo.
Hosni Moubarak, durante audiência neste sábado (13/04/2013), no Cairo. AFP PHOTO/EGYPTIAN TV
1 min

O presidente do tribunal encarregado de julgar novamente o ex-presidente egípcio Hosni Mubarak se retirou do caso na abertura da primeira audiência neste sábado no Cairo. O ex-ditador egípcio, às vésperas de completar 85 anos em maio, assistiu à cena de um reservado com grades. 

Publicidade

O juiz Mustafá Hassan Abdullah enviou o caso para uma corte de apelação, que deverá escolher outro tribunal. Vários advogados questionaram sua independência, por ele já ter absolvido várias personalidades do antigo regime em outro processo.

Mubarak, vestido de branco e sentado numa maca, usava óculos escuros. Ele esperou o início da audiência conversando com os filhos Alaa e Gamal, que também foram convocados. Após 30 anos de governo com mãos de ferro, o ex-presidente foi derrubado em fevereiro de 2011 por uma revolta popular. Ele responde pela morte de cerca de 850 pessoas durante o levante e por corrupção.

Assim que a audiência foi adiada, Mubarak deixou o tribunal em uma ambulância, cercado por um grande dispositivo de segurança. Depois ele embarcou em um helicóptero em direção ao hospital militar onde recebe tratamento.

Ainda em crise política, o Egito é governado pelo presidente Mohamed Morsi, da Irmandade Muçulmana.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.