O Mundo Agora

Acuado, Bashar al-Assad tenta transformar conflito sírio em guerra religiosa

Áudio 04:52
Painel bombardeado em Damasco traz imagem do presidente sírio Bashar al-Assad.
Painel bombardeado em Damasco traz imagem do presidente sírio Bashar al-Assad. Reuters

Um dos maiores temores do Ocidente com relação à guerra civil na Síria está próximo de se tornar realidade: a transformação do conflito político em conflito religioso. Essa anomalia no país que não tem tradição de conflito sectário pode acontecer em breve, por conta da brutalidade do regime de Bashar al-Assad contra a comunidade sunita, que constitui a maior parte da população.Conforme a oposição acossa o poder alauíta e se aproxima de perigosamente de regiões estratégicas para o governo, milícias ligadas à situação promovem massacres de civis sunitas, com o objetivo de expulsar todos os opositores dos bastiões do regime. O que está em curso agora na Síria é uma limpeza étnica de caráter abertamente confessional. Será que o regime de Bashar al-Assad se prepara para um recuo para sua região de origem caso a oposição continue avançando pelo resto da Síria? É o que analisa Alfredo Valladão, direto de Marrakech, no Mundo Agora desta terça-feira, 7 de maio de 2013.