GP de Mônaco/Fórmula 1

Rosberg vence GP de Mônaco; Massa passa bem após acidente

O piloto alemão Nico Rosberg celebra vitória no GP de Mônaco de Fórmula 1.
O piloto alemão Nico Rosberg celebra vitória no GP de Mônaco de Fórmula 1. REUTERS

O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, venceu neste domingo de ponta a ponta o Grande Prêmio de Mônaco, sexta prova do circuito Mundial da Fórmula 1. Rosberg, que tinha largado na pole position, chegou à frente dos Red Bull de seu compatriota Sebastian Vettel, segundo colocado, e do australiano Mark Webber, terceiro. Felipe Massa, que largou em penúltimo lugar, abandonou a prova depois de sofrer um acidente.

Publicidade

A corrida no circuito de rua em Mônaco foi marcada por duas entradas do “safety car” na pista e por uma interrupção de quase meia hora. O primeiro incidente aconteceu quando Felipe Massa saiu da pista, na 30ª volta, e sua Ferrari se chocou contra a grade de proteção, praticamente no mesmo lugar onde o brasileiro já tinha se acidentado durante o terceiro treino livre no sábado. Massa sentiu dores no pescoço, foi levado para o hospital, mas passa bem. Os exames realizados no piloto descartaram problemas sérios. 

O fim de semana foi péssimo para o brasileiro. Massa largou em penúltimo lugar – ele sairia em último, mas se beneficiou de uma punição imposta a Max Chilton, que trocou o câmbio de sua Marussia, e a decisão de Jules Bianchi de largar dos boxes.

O segundo incidente aconteceu por volta da 46ª volta, das 78, devido a um violento choque entre o venezuelano Pastor Maldonado (Williams) e o britânico Max Chilton (Marussia), sem consequências para os pilotos. A pista ficou cheia de fragmentos dos carros, obrigando à interrupção da corrida. Pouco depois, entre a 62ª e a 66ª volta o "safety car" voltou ao circuito após uma batida entre Romain Grosjean (Lotus) e Daniel Ricciardo (Toro Rosso). 

Esta foi a segunda vitória de Rosberg na Fórmula 1, depois do GP da China em 2012. O piloto alemão de 27 anos, que cresceu em Mônaco, conseguiu o mesmo trunfo de seu pai, Keke Rosberg, campeão do mundo em 1982 e vencedor em Mônaco no ano seguinte, há exatamente 30 anos. 

A próxima prova do Mundial, o Grande Prêmio do Canadá, está marcada para 9 de junho, no circuito de Montreal.

Classificação dos pilotos:
1. Sebastian Vettel (GER) 107 pts
2. Kimi Räikkönen (FIN) 86
3. Fernando Alonso (ESP) 78
4. Lewis Hamilton (GBR) 62
5. Mark Webber (AUS) 57
6. Nico Rosberg (GER) 47
7. Felipe Massa (BRA) 45
8. Paul di Resta (GBR) 28
9. Romain Grosjean (FRA) 26
10. Jenson Button (GBR) 25
11. Adrian Sutil (GER) 16
12. Sergio Perez (MEX) 12
13. Daniel Ricciardo (AUS) 7
14. Nico Hülkenberg (GER) 5
15. Jean-Eric Vergne (FRA) 5

Classificação dos construtores:
1. Red Bull Racing 164 pts
2. Scuderia Ferrari 123
3. Lotus 112
4. Mercedes-AMG 109
5. Force India 44
6. McLaren Mercedes 37
7. Scuderia Toro Rosso 12
8. Sauber 5

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.