Esporte/Fórmula 1

Vettel vence GP da Índia e torna-se tetracampeão mundial de F-1

O piloto Sebastian Vettel comemora o tetracampeonato
O piloto Sebastian Vettel comemora o tetracampeonato Foto: Reuters

O piloto alemão Sebastian Vettel, vencedor do GP da Índia, tornou-se hoje tetracampeão mundial de Fórmula 1 pelo quarto ano consecutivo, sendo que ainda faltam três corridas antes do fim do temporada. Seu rival, Fernando Alonso, terminou a prova na décima-primeira colocação.

Publicidade

Com a vitória, Vettel, da equipe Red Bull-Renault, totalizou 115 pontos de vantagem em relação ao bicampeão espanhol da Ferrari Fernando Alonso, que não tem mais condições de recuperação mesmo se vencer os GPs de Abou Dhabi, dos Estados Unidos e de Interlagos.

‘’Não sei o que dizer”, declarou Vettel no pódio. “Hoje é um dos dias mais bonitos da minha vida, porque quando eu era pequeno, corer em uma equipe de Fórmula 1 parecia algo muito distante. Tenho que agradecer muita gente que me ensinou muito, desde a época do Kart, e eu sempre os escutei’’, disse.

Visivelmente emocionado, Vettel disse que conseguir vencer quatro anos consecutivos o campeonato com sua equipe era de fato ‘’inacreditável.’ ‘’Talvez em dez anos eu compreenda melhor’’, disse.

No GP da Índia, Vettel saiu na pole position e dominou a prova do início ao fim, vencendo, sem surpresa, seu 36º Grande Prêmio. Com a vitória, Vettel se iguala ao campeão francês Alain Prost, quatro vezes campeão do mundo entre 1986 e 1993, há exatos 20 anos.

Na história da Fórmula 1, apenas outros dois pilotos os superaram: o alemão, Michael Schumacher, sete vezes campeão mundial, e o argentino Juan Manuel Fangio, que levou cinco títulos consecutivos nos anos 50.

No pódio do GP da Índia, o segundo lugar ficou para o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, e o terceiro para o francês Romain Grosjean, da Lotus.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.