Acessar o conteúdo principal
Ciência e Tecnologia

Supertufão Haiyan sinaliza alta do aquecimento global, diz cientista

Áudio 05:14
Quanto mais bem formado é o olho do furacão (na foto, o tufão Haiyan), mais violentos serão os seus ventos.
Quanto mais bem formado é o olho do furacão (na foto, o tufão Haiyan), mais violentos serão os seus ventos.
Por: Leticia Constant
7 min

Todos os anos testemunhamos a devastação causada por furacões, muitos deles provocando tsunamis que apagam cidades inteiras do mapa e ceifam milhares de vidas. A recente passagem do supertufão Haiyan pelas Ilhas Filipinas deixou um rastro de morte e destruição. A violência do fenômeno de categoria máxima 5, com ventos que ultrapassaram 300 km/h, surpreendeu o próprio mundo científico.O meteorologista e cientista brasileiro Rubens Villela Junqueira dá o alerta: o aquecimento global tem um papel relevante nessas manifestações dramáticas da natureza e pode provocar catástrofes cada vez mais graves.O professor também explica neste programa como se formam os furacões e analisa as características do supertufão Haiyan.Clique acima para ouvir o programa completo. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.