Acessar o conteúdo principal
França

Para comerciantes de Paris, brasileiros "sumiram" no Natal deste ano

Áudio 04:33
Avenida Champs-Elysées, em Paris.
Avenida Champs-Elysées, em Paris. REUTERS/Charles Platiau
Por: RFI
8 min

Para os turistas que decidiram passar o Natal em Paris, programas não faltam: a capital investe todos os anos em uma série de atrações que fazem a alegria de crianças e adultos. Mas a alta do euro parece ter espantado os brasileiros e outros turistas estrangeiros.

Publicidade

Apesar de Paris ser a cidade mais visitada do mundo, o clima ruim e o euro, cotado em R$ 3,35 espantaram muitos turistas de outros continentes em 2014, inclusive brasileiros. Pelo menos essa é a impressão de alguns comerciantes presentes na Feira de Natal da Champs Elysées. É o caso de Christian Lagardère, que gerencia um stand no local, uma das grandes atrações natalinas de Paris. “Neste ano há menos gente, mas não por causa da temperatura. Há menos turistas, inclusive franceses do interior do país”, diz.

Segundo ele, também pode ser notada uma baixa do número de turistas de outros continentes. “Tem muitos italianos, quase nenhum russo, poucos americanos e até ingleses.” E brasileiros? “Não tem muitos, mas ainda sobram alguns”, brinca. Mesma constatação para outra vendedora da Feira, que também notou a ausência dos russos, por conta da queda do rublo.

O depoimento dos comerciantes também coincide com a diminuição dos gastos dos brasileiros no exterior, de acordo com informações divulgadas pelo Banco Central em novembro. Os gastos recuaram 11% em outubro em relação a setembro, e 7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Vitrines da galeria Lafayette são uma das atrações

Mesmo com menos turistas, um dos pontos altos do Natal em Paris é a vitrine da Galeria Lafayette, que atraem não somente turistas mas até mesmo os moradores da capital. É o caso do brasileiro Francisco Cordilo, que já mora há nove anos na cidade mas não perde o espetáculo. "Venho até a Galeria Lafayette porque eles sempre preparam uma fachada para as crianças. A decoração é sempre temática, divertida e original e sempre atrai um público muito grande e variado, tanto de franceses quanto de estrangeiros", diz.

Francisco também lembra de outros dois programas que ele considera imperdíveis: as árvores de Natal que decoram a cidade e a fachada da catedral de Notre Dame e no Hotel de Ville. Para ele, Paris é um destino ideal de viagem nesta época do ano. "A cidade é particularmente decorada neste período, festiva, e o frio não é exatamente um problema", diz.

Patinação no gelo

Neste Natal, a capital também contará com duas pistas de patinação no gelo, abertas a partir do dia 19 de dezembro no Hotel de Ville, e outra no Grand Palais, além de fogos de artíficio e iluminações em toda a cidade, incluindo em pontos turísticos como a Catedral de Notre Dame ou os jardins do Trocadéro. Outro mercado que também vale uma visita é o de Abesses, no 18° distrito, cenário do filme "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain", do diretor Jean Pierre Jeunet.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.