Acessar o conteúdo principal
Airbus/Coreia do Sul

Contrato bilionário entre Airbus e Coreia do Sul inclui 214 helicópteros militares

A Coreia do Sul pretende renovar sua frota de helicópteros militares e civis.
A Coreia do Sul pretende renovar sua frota de helicópteros militares e civis. AFP PHOTO/CHRISTOF STACHE
2 min

Nesta segunda-feira (17), a empresa Airbus Helicopter, filial do construtor aeronáutico europeu Airbus, anunciou a assinatura de um contrato de peso com a Coreia do Sul para o desenvolvimento e fabricação de mais de 300 aparelhos civis e militares. O aliado dos Estados Unidos na região reforça a sua frota.

Publicidade

A transação comercial inclui 214 helicópteros militares de ataque e cerca de cem unidades destinadas ao mercado civil coreano. Os aparelhos serão produzidos em parceria com a Korea Aerospace Industries (KAI), uma referência no setor aeroespacial e de defesa do país asiático.

Calcula-se que o europeu Airbus deve receber €1,5 bilhão (cerca de R$4,5 bilhões) pelo negócio, de um total de €3 bilhões, divididos com a KAI. Uma encomenda de mais de 200 helicópteros de ataque representa 30% do mercado anual do segmento, segundo especialistas.

Fiel aliada dos Estados Unidos

O mercado da Coreia do Sul para a aviação tende a se desenvolver. A frota militar atual tem mais de 700 helicópteros, bastante antigos. Assim, a  zona Ásia-Pacífico é considerada um alvo dinâmico para o setor, representando 19% do faturamento atual da Airbus.

No plano mundial, o segmento de helicópteros deve crescer 30% nos próximos cinco anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.