Fato em Foco

Único longa brasileiro no festival de Biarritz, “Aspirantes” fala sobre inveja e futebol

Áudio 05:00
Cena do filme "Aspirantes", de Ives Rosenfeld.
Cena do filme "Aspirantes", de Ives Rosenfeld. Divulgação

Aspirantes, do cineasta carioca Ives Rosenfeld, é o único longa-metragem brasileiro em competição no Festival Biarritz América Latina, uma vitrine na Europa da produção cinematográfica latino-americana. Para o diretor, que conversou com a RFI Brasil em Biarritz, o tema da inveja é universal.

Publicidade

O filme conta a história de um jovem jogador de futebol de Saquarema, no Rio, que vê seus sonhos ameaçados pela gravidez da namorada e um bom contrato conquistado por seu melhor amigo.

Este é o primeiro longa de Rosenfeld, que ganhou o Prêmio do Melhor projeto (Work in Progress) no Festival de Locarno, na Suíça, no ano passado.

Confira a entrevista clicando em ouvir, no alto da página.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.