Acessar o conteúdo principal

Astronautas da Nasa desembarcam na ISS, e cápsula SpaceX é aprovada na primeira parte do teste

A cápsula Crew Dragon, da SpaceX, chegou à ISS neste domingo (31) com dois astronautas da Nasa
A cápsula Crew Dragon, da SpaceX, chegou à ISS neste domingo (31) com dois astronautas da Nasa © NASA/Divulgação
Texto por: Cristiane Capuchinho
3 min

A cápsula espacial SpaceX com dois astronautas norte-americanos chegou à Estação Espacial Internacional (ISS) às 11h16 (horário de Brasília) deste domingo (31). O desembarque dos astronautas marca o sucesso da primeira parte desta viagem, que inicia uma era da conquista espacial por empresas comerciais.

Publicidade

A estação espacial sobrevoava o norte da China quando a cápsula Crew Dragon chegou a seu destino e se acoplou à ISS. A cena é histórica, foi a primeira vez que uma espaçonave feita por uma empresa privada leva astronautas para o espaço.

Bob Behnken e Douglas Hurley, dois veteranos astronautas da Nasa, partiram na tarde do sábado (30) do Cabo Canaveral, na Flórida. O lançamento do foguete Falcon 9, sob os olhos do presidente Donald Trump, foi o primeiro voo tripulado a sair dos Estados Unidos em nove anos.

Desde 2011, os EUA dependiam das espaçonaves russas Soyuz para levarem seus astronautas ao espaço. O sucesso da parceria com a SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk, deve inaugurar uma nova era de voos espaciais com participação privada.

Missão apenas começou

Após um voo de quase 19 horas, a cápsula Crew Dragon chegou à estação espacial e, por volta das 11h20, os astronautas deram início aos procedimentos de teste e despressurização da nave espacial.

Após a manobra, de cerca de duas horas, Bob e Douglas finalmente entraram na ISS por volta das 14h (horário de Brasília), onde foram recebidos por abraços do colega norte-americano Chris Cassidy e dos cosmonautas russos Anatoly Ivanishin e Ivan Vagner.

A missão de Bob e Douglas na ISS pode durar até 110 dias, mas ainda não há data marcada para a volta.

O retorno da cápsula SpaceX ao planeta Terra com os dois astronautas será o último teste da espaçonave feita pela empresa privada.

Elon Musk comemora o lançamento da cápsula SpaceX, em 30 de maio de 2020.
Elon Musk comemora o lançamento da cápsula SpaceX, em 30 de maio de 2020. Saul MARTINEZ / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AF

Musk faz piada com russos

No sábado (30), o proprietário da SpaceX, Elon Musk, disse durante uma entrevista sobre o sucesso do lançamento de seu foguete que o “trampolim funciona”. “É uma piada entre nós”, adicionou, ao lado do chefe da Nasa, Jim Bridenstine.

O bilionário fazia referência a uma provocação feita pelo chefe da agência espacial russa em 2014. Durante um período de tensão em que a Rússia ameaçava interromper a cooperação espacial com os EUA,  Dmitri Rogozine afirmou que os norte-americanos poderiam precisar de “um trampolim” para chegar à ISS.

A provocação gerou uma grande repercussão nas redes sociais, a ponto do porta-voz da agência russa se pronunciar: “Não compreendemos realmente a histeria gerada pelo lançamento bem-sucedido da cápsula Crew Dragon”, publicou Vladimir Oustimenko, “O que deveria ter acontecido há muito tempo aconteceu”.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.