Cerimônia do Oscar é adiada para 25 de abril por causa da pandemia

A Academia - vista como o ápice da indústria cinematográfica de Hollywood - facilitou as regras de elegibilidade para o Oscar.
A Academia - vista como o ápice da indústria cinematográfica de Hollywood - facilitou as regras de elegibilidade para o Oscar. AFP/File

A 93ª cerimônia do Oscar foi adiada por dois meses devido à pandemia de coronavírus e remarcada para 25 de abril de 2021, anunciou nesta segunda-feira (15) a Academia norte-americana de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável por escolher os vencedores de cada categoria, que levam para casa a famosa estatueta dourada.

Publicidade

A 93ª edição do Oscar estava programada para 28 de fevereiro, mas a epidemia de Covid-19 fez com que os cinemas fechassem e interrompessem a programação das produções de Hollywood.

Dentro deste contexto, a Academia também estendeu o período de lançamento de filmes elegíveis ao Oscar de 31 de dezembro de 2020 para 28 de fevereiro de 2021.

Desta forma, a Academia espera "dar aos cineastas a flexibilidade de finalizar e lançar seus filmes sem serem penalizados", afirmam os porta-vozes em um comunicado oficial.

(Com informações da AFP)

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.