Cápsula SpaceX com dois astronautas norte-americanos pousa no Golfo do México

Os astronautas da NASA Robert Behnken e Douglas Hurley a bordo da sonda Dragon Endeavor da SpaceX em 2 de agosto de 2020, nesta captura de tela do vídeo.
Os astronautas da NASA Robert Behnken e Douglas Hurley a bordo da sonda Dragon Endeavor da SpaceX em 2 de agosto de 2020, nesta captura de tela do vídeo. NASA/Handout via REUTERS

Dois astronautas norte-americanos da Estação Espacial Internacional desembarcaram no Golfo do México neste domingo (2) a bordo de uma cápsula SpaceX, coroando o sucesso da primeira missão de demonstração da NASA.

Publicidade

Durante 20 anos os voos entre a Terra e a Estação Internacional foram realizado por agências espaciais norte-americanas ou russas, mas desta vez a NASA apostou nos serviços de "táxi" de uma empresa privada.

Foi assim que há dois meses a SpaceX transportou dois astronautas americanos, Robert Behnken e Douglas Hurley, para a ISS, e agora também é responsável por seu retorno à Terra neste domingo, 2 de agosto.

“Bem-vindo à Terra, e obrigado por voar na SpaceX”, disse o diretor de vôo aos astronautas, que responderam imediatamente.

A cápsula do Dragão aterrissou em Pensacola, Flórida, conforme programado às 14h48 locais (18h48 GMT), de acordo com imagens ao vivo, depois de aparentemente ter passado pela atmosfera da Terra sem danos.

Quatro paraquedas grandes desaceleraram a descida da cápsula, que deve ser recuperada rapidamente por uma embarcação SpaceX.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.