Acessar o conteúdo principal
Serra Leoa /Charles Taylor

Ex-agente de Naomi confirma que top model sabia de tudo

A ex-agente da top model, Naomi Campbell, Carole White,  durante depoimento no Tribunal Especial para a Serra Leoa, em Haia, na Holanda.
A ex-agente da top model, Naomi Campbell, Carole White, durante depoimento no Tribunal Especial para a Serra Leoa, em Haia, na Holanda. Reuters
4 min

A ex-agente da modelo Naomi Campbell, Carole White, voltou a prestar depoimento hoje ao Tribunal Especial para Serra Leoa em Leidschendam, na Holanda, no processo contra o ex-presidente da Libéria, Charles Taylor. Ela confirmou a versão anterior de que a top model sabia que Charles Taylor a tinha presenteado com diamantes.

Publicidade

O ex-presidente da Libéria, Charles Taylor, é acusado de crimes de guerra e crimes contra a humanidade na guerra civil ocorrida entre 1991 e 2002 em Serra Leoa, durante a qual teria recebido os chamados "diamantes de sangue" em troca de armas e treinamento de tropas rebeldes.

Taylor sempre negou o fato, mas a promotoria do caso espera ligá-lo aos diamantes de sangue, comprovando que, em 1997, teria dado diamantes brutos originários de Serra Leoa à modelo Naomi Campbell. O fato ocorreu após um jantar beneficente na residência do então presidente sul-africano Nelson Mandela.

Campbell confirmou na semana passada ter recebido pequenas pedras de dois homens que bateram de surpresa na porta de seu quarto durante a noite, mas disse não saber quem os tinha enviado.

A atriz Mia Farrow, também presente na ocasião, disse ontem ao Tribunal que Campbell comentou no dia seguinte ao incidente que tinha recebido 'um enorme diamante' de Charles Taylor.

Já a ex-agente da modelo, Carole White, disse que a modelo comentou que Charles Taylor havia lhe prometido diamantes durante o jantar de Nelson Mandela e que teria mais tarde recebido cerca de cinco pedras embrulhadas num papel. Ou seja, segundo ela, Campbell sabia que receberia diamantes e sabia que vinham de Taylor.

White tem uma disputa judicial com Naomi Campbell sobre pagamento de honorários e a defesa de Charles Taylor tenta demonstrar que ela estaria mentindo em seu testemunho por interesses pessoais.

Coincidente nos três depoimentos é a declaração de que as pedras teriam sido doadas a uma instituição de caridade criada por Nelson Mandela. O então diretor da instituição, Jeremy Ratcliffe, confirmou que recebeu as pedras e na última quinta-feira entregou os diamantes, que ainda mantinha em seu poder, à polícia sul-africana.

Mariângela Guimarães, jornalista da Rádio Netherlands, especial para RFI.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.