Acessar o conteúdo principal
Nova Zelândia/Terremoto

Nova Zelândia em estado de emergência depois de terremoto

Prédios destruídos pelo terremoto em Christchurch, na Nova Zelândia
Prédios destruídos pelo terremoto em Christchurch, na Nova Zelândia AFP / CHRISTCHURCH PRESS
Texto por: Leticia Constant
2 min

O estado de emergência foi decretado no país depois de um tremor de terra de magnitude 7 na escala Richter, na madrugada deste sábado, em Christchurch, ferindo diversas pessoas.

Publicidade

O governo da Nova Zelândia decretou estado de crise nacional depois do violento terremoto ocorrido a trinta quilômetros de Christchurch, a segunda cidade da ilha do sul. Apesar da gravidade do tremor, nenhuma morte foi registrada, porém, várias pessoas ficaram feridas, das quais duas em estado grave.

Unidades policiais foram enviadas pelo governo para reforçar a segurança dos habitantes; depois das primeiras ocorrências de pilhagem de lojas, o centro da cidade foi fechado. Vazamentos de gás, encanamentos danificados e numerosos cabos e postes elétricos destruídos preocupam as autoridades por representarem um grande perigo para os moradores. Por este motivo, foi declarado o toque de recolher entre 19 horas no local, quatro da manhã no horário de Brasília, e 7 horas da manhã no local, dez da noite em Brasília (o fuso horário entre Wellington, capital da Nova Zelândia, e Brasília, é de quinze horas a mais).

Se o balanço das vítimas foi pequeno, os danos materiais são consideráveis. Ruas e estradas estão repletas de vidros e detritos de toda espécie, fachadas inteiras de prédios desmoronaram e várias pontes se partiram.

As rádios e televisões locais dizem que o centro de Christchurch "parece uma cidade em guerra".
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.