Coreia do Norte

Coreia do Norte pode ter novo ditador de 27 anos

Aos 27 anos, Kim Jong Un deve se tornar um dos mais jovens ditador da História.
Aos 27 anos, Kim Jong Un deve se tornar um dos mais jovens ditador da História. Reuters

Apesar de debilitado fisicamente, o líder Kim Jong-il foi reeleito secretário-geral do partido único da Coreia do Norte. A reunião extraordinária dos dirigentes do partido também deu pistas sobre a sucessão do regime comunista da Coreia do Norte.  

Publicidade

Em um regime onde o culto à personalidade é essencial, o governo não demorou a condecorar o provável futuro líder. No início da conferência do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte, realizada nesta terça-feira, Kim Jong Un foi nomeado "general quatro estrelas", informaram os jornais oficiais do governo.

Aos 27 anos, Kim Jong Un deve se tornar um dos mais jovens ditador da História. Desconhecido até dos próprios norte-coreanos, o novo general é o terceiro filho do atual presidente e ditador Kim Song-Il, no poder desde 1994. A única foto conhecida de Kim Jong Un foi tirada há dez anos.

De acordo com o serviço de informação sul-coreano, o jovem seria filho da terceira mulher do atual ditador, uma dançarina de origem japonesa falecida há alguns anos, vítima de câncer. O jovem teria estudado na Suíça e falaria inglês e alemão fluentemente.

No ano passado, Kim Jong-il já havia sido nomeado para um cargo na administração do partido. Ele recebia informações diretas do seu pai. A saúde debilitada do atual ditador é apontada como o principal motivo para acelerar o processo de sucessão do regime comunista.

Com 24 milhões de habitantes, o país vive sob a dinastia da mesma família desde 1945, quando a antiga União Soviética invadiu o norte do país e fundou a República Popular Democrática da Coreia.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.