Irã/Líbano

Ahmadinejad inicia visita polêmica ao Líbano

Chegada a Beirute do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, para uma visita oficial de dois dias ao Libano.
Chegada a Beirute do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, para uma visita oficial de dois dias ao Libano. Reuters

O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, chegou na manhã de hoje a Beirute para uma visita oficial de dois dias ao Líbano. Desde a madrugada de hoje milhares de pessoas estavam à beira da estrada que liga a capital ao aeroporto para recepcionar o líder iraniano, agitando bandeiras dos dois países.  

Publicidade

A recepção calorosa foi mostrada com entusiasmo pelo canal de televisão do Hezbollah, a rede Al Manar. “Essa acolhida popular é um tapa na cara de todos aqueles que criticaram essa visita, especialmente os Estados Unidos e Israel”, disse num editorial a televisão. Ao longo do trajeto de saída do aeroporto, pessoas lançavam arroz, flores e agitavam faixas de apoio ao presidente iraniano.

Logo após a sua chegada ao Líbano, Ahmadinejad agradeceu a recepção, mas também provocou: “Os inimigos do Líbano ficam aterrorizados quando vêem nossas duas nações lado a lado”. A visita causa muita polêmica no Líbano, pois tem sido vista como uma demonstração de apoio ao seu aliado Hezbollah, grupo islâmico xiita. Para os Estados Unidos, que tentam isolar o Irã da comunidade internacional a fim de exercer uma maior pressão sobre o programa nuclear iraniano, essa viagem de Ahmadinejad é vista com preocupação.

O presidente Ahmadinejad foi recebido por deputados, dois ministros do Hezbollah no governo de coligação libanês e pelo presidente do Parlamento, o xiita Nabih Berri. Uma cerimônia oficial de recepção deve acontecer no palácio presidencial de Baabda, perto de Beirute, onde Ahmadinejad se reunirá com o seu homólogo libanês Michel Sleimane. A parte mais tensa da visita, porém, é uma viagem programada para o sul do país, região que faz fronteira com Israel, inimigo declarado do Irã.

Do lado israelense, Arié Eldad um deputado da extrama direita, disse que o exército de Israel deveria aproveitar essa visita de Ahmadinejad para matar o presidente iraniano.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.