Diplomacia

Hu Jintao é recebido com honra na França

胡锦涛对法国进行国事访问05112010
胡锦涛对法国进行国事访问05112010 Reuters路透社

O presidente chinês, Hu Jintao, desembarcou nesta quinta-feira em Paris. A visita oficial de 2 dias deve ser marcada pela assinatura de contratos industriais e comerciais. Associações francesas reclamam que o tema dos direitos humanos ficou de fora da pauta das discussões que o presidente Nicolas Sakozy terá com o líder chinês.

Publicidade

A primeira visita do presidente Hu Jintao à França confirma o fortalecimento das relações diplomáticas entre Paris e Pequim. Em abril, o presidente Nicolas Sarkozy realizou visita oficial à China para selar a reconciliação dos dois países, após meses de tensões provocadas pelo apoio francês à causa do Tibete e ao Dalai Lama.

Durante a visita de dois dias, Hu Jintao deve assinar contratos nas áreas de aeronáutica e energia nuclear. Nicolas Sarkozy também espera obter o apoio de Pequim para a presidência francesa do G20, que começa no dia 13 de novembro e tem como principal meta a reforma do sistema monetário internacional.

Os países ocidentais acusam a China de manter sua moeda, o yuan, artificialmente desvalorizada para favorecer as exportações do país. Na contramão da União Europeia, que acentuou sua pressão para que Pequim revalorize o yuan, a França tenta uma abordagem conciliatária. Foi isso também que fez com que a França se mantivesse discreta depois que o prêmio Nobel deste ano foi entregue ao dissidente chinês Liu Xiaobo, que cumpre pena de prisão na China.

Tudo foi organizado para evitar as questões que possam desagrar o presidente chinês. Não haverá entrevista coletiva de imprensa, como é de praxe durante as visitas de estadistas estrangeiros.

Organizações não governamentais temem que a questão dos direitos humanos seja deixada de lado para não comprometer os contratos comerciais e o apoio político que o governo francês espera obter da China. Elas pedem que a França seja mais firme com a China e exija a libertação do prêmio Nobel da Paz.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.