Tensão entre Coreias cria clima de guerra na região

Áudio 05:00
Civis sul-coreanos com mascáras de gás durante as manobras militares da Coreia do Sul, no dia 20 de dezembro.
Civis sul-coreanos com mascáras de gás durante as manobras militares da Coreia do Sul, no dia 20 de dezembro. Reuters

 “A relação com o reino ermitão comunista da família Kim é pior do que montanha russa. (...) Depois de atacar a ilha sul-coreana de Yeonpyeong e de ameaçar o vizinho com retaliações, Pyongyang decidiu que não valia a pena responder às manobras militares da Coreia do Sul. Melhor ainda, recebendo o enviado americano Bill Richardson a Coreia do Norte teria permitido a volta dos inspetores da AIEA para monitorar seu programa nuclear (...) Haja estômago para agüentar esse sobe e desce.” Ouça a crônica de política internacional de Alfredo Valladão: