Mandela/saúde

Mandela tem alta e vai para casa

O ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela recebeu alta médica do Hospital de Milpark de Johanesburgo.
O ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela recebeu alta médica do Hospital de Milpark de Johanesburgo. Reuters

Nelson Madela recebeu alta e já foi transferido da clínica onde estava hospitalizado há dois dias em Joanesburgo para sua casa. Aos 92 anos, o primeiro presidente negro da África do Sul, líder da luta contra o Apartheid, sofre de uma infecção respiratória aguda e continuará o tratamento em casa.

Publicidade

O vice-presidente da África do Sul, Kgalema Motlanthe, e o médico resposavel pela equipe médica que cuida do ex-presidente, Vejaynand Ramlakan, deram uma coletiva à imprensa para falar sobre o estado de saúde de Mandela e tranquilizar a população.

O estado de saúde do ex-presidente de 92 anos é estável, mas ele precisa de um acompanhamento médico contínuo, declarou Ramlakan. Ele disse que a capacidade de recuperação de Mandela supreendeu a equipe médica. O ex-presidente sofre de doenças comuns a pessoas da sua idade e está otimista. "Não há razão para pânico", garantiu Ramlakan.

O médico prometeu daqui para a frente a publicação periódica de boletins sobre a saúde de Mandela que deixou o poder em 1999 e se retirou da vida pública em 2001. A falta de informações oficiais no momento e durante os dois dias de hospitalização do ícone da luta anti-apatheid, geraram especulações e inquietação na África do Sul. Motlanthe, reforçando que não há motivos para temer pela saúde de Mandela, pediu à população que continue rezando pelo ex-presidente, que completará 93 anos em julho. Nelson Madela passou 27 anos na prisão e foi eleito em 1994 nas primeiras eleições presidenciais multiraciais do país.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.