WikiLeaks

Assange ameaça publicar novos documentos secretos

WikiLeaks' Twitter page is seen on a computer screen in Singapore January 9, 2011.
WikiLeaks' Twitter page is seen on a computer screen in Singapore January 9, 2011. REUTERS/Tim Chong

O criador do site WikiLeaks, Julien Assange, disse no domingo que ainda possui "uma avalanche de documentos secretos" prontos para serem divulgados. A ameaça foi feita em entrevista exclusiva a uma emissora americana. Ao mesmo tempo, na Inglaterra, a imprensa publicou trechos de uma nova biografia sobre Assange, dando detalhes sobre a vida pessoal do fundador do polêmico site.

Publicidade

Na entrevista ao canal de tevê CBS dos Estados Unidos, Julian Assange garantiu que tem um sistema para divulgar informações exclusivas que estão salvas, bem protegidas e prontas para publicação. Segundo ele, essas informações foram distribuídas para 100 mil pessoas e basta dar a elas um código secreto para que todo o o conteúdo seja divulgado.

Assange disse que isso só deve acontecer em último caso, isto é, se o Wikileaks continuar fechado ou se algumas pessoas forem presas ou assassinadas impedindo seu grupo de continuar o trabalho. Na entrevista, ele negou que a decisão de publicar 250 mil documentos secretos da diplomacia dos Estados Unidos seja motivada por um sentimento antiamericano.

O fundador do WikiLeaks não quis confirmar se pretende divulgar informações secretas sobre o Bank of America. Apenas riu e afirmou que muitos bancos estão com medo das consequências dos abusos que cometeram. Ele também não quis comentar a acusação de crime sexual que o mantém confinado no interior da Inglaterra enquanto aguarda decisão sobre sua extradição para a Suécia, onde é acusado de abusar de duas jovens.

Biografia

Enquanto mantém suspense sobre seus próximos passos, Julian Assange tem novas faces de sua personalidade reveladas. O jornal britânico The Guardian publicou nesta segunda-feira trechos de uma nova biografia dedicada ao australiano de 39 anos que só conheceu o pai biológico aos 25 anos. Seus problemas com a justiça começaram em 1994 por pirataria informática e recentemente ele se disfarçou de uma mulher idosa, por mais de duas horas, para despistar agentes secretos dos Estados Unidos, enquanto esteve foragido.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.