Acessar o conteúdo principal
Egito/Presidenciais

Mohamed El Baradei desiste de concorrer à presidência do Egito

Mohamed El Baradei, chegou a ser apontado como favorito para as presidenciais no Egito.
Mohamed El Baradei, chegou a ser apontado como favorito para as presidenciais no Egito. REUTERS
Texto por: RFI
2 min

Mohamed ElBaradei anunciou neste sábado que não vai se candidatar às eleições presidenciais egípcias. O ex-chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) considera que apesar da queda de Hosni Mubarak, há, quase um ano, o “antigo regime” continua no comando do país, o que o impede de participar do processo eleitoral. 

Publicidade

Visto por muitos como o possível símbolo da transição política no Egito, Mohamed El Baradei anunciou oficialmente que não pretende participar das eleições presidenciais que serão realizadas no meio do ano no país. “A minha consciência não me permite brigar pela presidência ou qualquer função oficial enquanto não houver um verdadeiro sistema democrático” no Egito, disse o ex-diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

El Baradei não poupou críticas ao Conselho Supremo das Forças Armadas (CSFA), que dirige o país desde 2011. O CSFA é dirigido pelo marechal Mohamed Hussein Tantaoui, homem forte do governo Mubarak, onde foi ministro da Defesa durante duas décadas. Ele permanece no poder até o fim do processo eleitoral, que começou em novembro e termina em junho com a escolha do novo presidente.

Diretor geral da AIEA entre 1997 e 2009, El Baradei voltou ao Egito em 2010, onde se uniu aos membros da oposição que ajudou a derrubar o presidente Mubarak em fevereiro passado. Ele chegou a ser apontado como favorito para substituir o ditador, mas perdeu sua popularidade nos últimos meses.

Atualmente as forças políticas islâmicas, lideradas pela Irmandade Muçulmana, controlam quase a metade das cadeiras do primeiro parlamento eleito no Egito após a queda do ditador.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.