Irã/Eleições

Irã organiza eleições legislativas nesta sexta-feira

O líder religioso Ali Khamenei durante voto nas legislativas iranianas nesta sexta-feira.
O líder religioso Ali Khamenei durante voto nas legislativas iranianas nesta sexta-feira. REUTERS/Caren Firouz/Raheb Homavandi

Cerca de 48 milhões de iranianos foram chamados para votar nas eleições legislativas nesta sexta-feira. Mas o pleito está sendo boicotado pelos principais movimentos de oposição, em protesto contra a repressão que sofrem desde a reeleição do presidente Mahmoud Ahmadinejad.

Publicidade

Os eleitores iranianos começaram a votar na manhã desta sexta-feira para escolher seus 290 representantes entre os 3.400 candidatos inscritos. Os analistas acreditam que os conservadores, atualmente no poder, devem sair vencedores do pleito.

A participação da população nas legislativas desta sexta-feira representa uma prova do apoio ao regime iraniano, que enfrenta várias críticas e sanções ligadas a seu programa nuclear iraniano. “Tivemos nos últimos tempos muita propaganda e pressão contra o Irã. Quanto mais gente votar, melhor será nosso futuro, nosso prestígio e segurança”, declarou líder religioso aiatolá Ali Khamenei. O próprio presidente Mahmoud Ahmadinejad pediu que o povo se mobilize para dar ao país “um Parlamento forte e popular”.

As organizações internacionais, como a ONG Human Rights Watch, criticaram a organização de pleito, pois a disputa conta principalmente com candidatos conservadores, que praticamente não apresentaram um programa de mandato. Os dois principais protagonistas dessas legislativas são o partido Frente Unida dos Conservadores, próximo do atual presidente do Parlamento, Ali Larijani, e a Frente de Persistência da Revolução Islâmica, que defende Ahmadinejad. Diante desse contexto, os movimentos de oposição decidiram boicotar o pleito, em protesto contra a repressão da qual são vítimas desde a reeleição contestada do presidente iraniano em 2009.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.