Acessar o conteúdo principal
Irã/Política

Parlamento iraniano sabatina presidente pela primeira vez desde 1979

Mahmoud Ahmadinejad ironizou algumas questões dos parlamentares durante a sessão extraordinária.
Mahmoud Ahmadinejad ironizou algumas questões dos parlamentares durante a sessão extraordinária. REUTERS/Caren Firouz
Texto por: RFI
2 min

O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad, enfrentou nessa quarta-feira as perguntas dos deputados durante uma sessão extraordinária do Parlamento, na qual respondeu às críticas feitas ao balanço econômico de seu governo. Essa é a primeira vez desde 1979 que um chefe de Estado é sabatinado pelos parlamentares no Irã.

Publicidade

Enfraquecido politicamente desde as eleições legislativas de 2 de março e contestado pela performance econômica de seu governo, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, participou, nessa quarta-feira, de uma sessão extraordinária no Parlamento. A convocação foi feita por um grupo de deputados, a maioria deles próximos do líder supremo aiatolá Ali Khamenei.

Desde que foi reeleito em 2009, após um primeiro mandato iniciado em 2005, Ahmadinejad vem sendo acusado de desperdiçar o dinheiro público, além de ter cortado o sistema de ajuda para alimentação e combustível, o que desencadeou uma inflação desenfreada no país. A sua gestão do projeto de extensão do metrô da capital Teerã também é contestada, além das estatísticas negativas sobre o desemprego.

O presidente minimizou as críticas feitas pelos deputados e chegou a ironizar algumas questões feitas durante a sessão. “Ele não deu nenhuma resposta lógica e levou tudo na brincadeira”, declarou o deputado Mohammad Taqi Rahbar.

Essa é a primeira vez desde a revolução islâmica de 1979 que um presidente iraniano tem que se explicar diante dos parlamentares. O Majlis (Parlamento) tem o poder de destituir o chefe de Estado se julgar que as respostas apresentadas não são suficientes.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.