Acessar o conteúdo principal
Irã/Síria

Irã reafirma seu apoio ao regime sírio

Presidente sírio Bashar el-Assad (d) recebe o emissário iraniano Saïd Jalili em Damasco.
Presidente sírio Bashar el-Assad (d) recebe o emissário iraniano Saïd Jalili em Damasco. REUTERS/SANA/Handout
Texto por: RFI
2 min

Enquanto os combates continuam em Aleppo, o presidente sírio Bashar al-Assad recebeu nessa terça-feira em Damasco o emissário iraniano Saïd Jalili. Durante a visita, o representante de Teerã reafirmou o apoio do Irã à Síria, que considera como “o pilar da resistência” contra os Estados Unidos e Israel na região. Essa foi a primeira aparição pública de Assad desde 22 de julho.

Publicidade

Apesar das críticas da comunidade internacional contra a violência das forças de Damasco nos combates com os rebeldes, o regime iraniano reafirmou nessa quarta-feira seu apoio ao presidente sírio Bashar al-Assad. “O Irã não permitirá a destruição do eixo de resistência do qual a Síria é o principal pilar”, disse Saïd Jalili, emissário especial do guia supremo iraniano Ali Khameneï. Segundo ele, “a situação síria não é uma crise interna e sim um conflito que opõe o eixo da resistência na região” a Israel e aos Estados Unidos.

A reunião foi transmitida pelo canal de televisão estatal. Fazendo alusão aos membros da oposição, o presidente sírio afirmou que está determinado a “livrar o país dos terroristas”. Essa foi a primeira aparição pública do chefe de Estado de 22 de julho.

Teerã é o principal aliado da Síria na região. O governo iraniano acusa os Estados Unidos, a Arábia Saudita, o Qatar e a Turquia de ajudar os rebeldes sírios a derrubar o regime de Assad. Para o representante de Teerã, a solução deve ser encontrada por meios democráticos e não enviando mais armas.

Enquanto isso, as deserções se multiplicam do lado do regime sírio. Cerca de 20 generais já se retiraram das forças do governo e entraram em território turco, mas alguns retornaram à Síria para combater ao lado dos insurgentes. Mais de 1.300 sírios entraram no país vizinho nas últimas 24 horas, elevando para 50 mil o número de refugiados na Turquia. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.