Rússia/Tiroteio

Tiroteio no sul da Rússia deixa seis mortos

Três das seis vítimas fatais do atirador foram mortas na rua.
Três das seis vítimas fatais do atirador foram mortas na rua. REUTERS/Andrei Kaksuslov

Seis pessoas, entre elas dois adolescentes de 14 e 16 anos, foram assassinadas nessa segunda-feira, 22 de abril, durante um tiroteio na cidade de Belgorod, no sul da Rússia. O episódio já está sendo considerado com um dos mais violentos já registrados no país. O atirador conseguiu fugir antes da chegada da polícia.

Publicidade

O tiroteio começou no início da tarde em uma loja de artigos de caça na cidade de Belgorod, a 700 km ao sul de Moscou, perto da fronteira com a Ucrânia. O atirador matou três pessoas dentro do estabelecimento, antes de continuar os disparos na rua. Um homen e um adolescente de 14 anos que passavam pelo local foram mortos imediatamente. A sexta vítima fatal foi uma jovem de 16 anos que não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O atirador fugiu antes da chegada da polícia e as autoridades ainda não tem nenhuma informação sobre os possíveis motivos do tiroteio. Por enquanto o nome do autor dos disparos não foi divulgado, mas sabe-se que ele seria um morador da cidade que estava na prisão até 2012.

Esse tipo de incidente, raro na Rússia, já está sendo visto como um dos mais violentos da história do país. Em novembro passado um homem de 30 anos cometeu o mesmo tipo de crime. Na época, Dmitri Vinogradov, de 30 anos, colocou um post na internet anunciando sua intenção de matar antes de assassinar seis pessoas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.