Síria/crise

Europeus apoiam iniciativa de Conferência de Paz para a Síria

John Kerry e o chanceler russo Serguei Lavrov no dia 7 de maio de 2013, em Moscou..
John Kerry e o chanceler russo Serguei Lavrov no dia 7 de maio de 2013, em Moscou.. Reuters

A União Europeia disse estar «muito satisfeita » com o acordo entre a Rússia e os Estados Unidos para estimular o regime de Bashar Al Assad e seus opositores a encontrarem uma solução para o conflito na Síria. A declaração foi feita nesta quarta-feira pelo porta-voz de Catherine Ashton, a chefe da diplomacia americana.

Publicidade

“A União Europeia está satisfeita com o apelo da Rússia e Estados Unidos para uma conferência de paz sobre a Síria. A União Europeia repetiu várias vezes que a solução do conflito passa por um compromisso político global”, indicou o porta-voz. O bloco europeu também indicou que está pronto para colaborar da maneira que for e espera que a conferência seja o início de um processo de paz.

Na terça-feira, a Rússia e os Estados Unidos chegaram a uma posição comum para uma saída para o conflito sírio após o encontro do secretário de estado norte-americano John Kerry com o presidente Vladimir Putin e, na seqüência, com o chanceler russo Serguei Lavrov, em Moscou

"Estamos de acordo que a Rússia e os Estados Unidos devem estimular o governo sírio e os grupos de oposição a encontrar uma solução política”; disse Lavrov. Os dois países também decidiram organizar o “mais breve possível” uma conferência internacional sobre a Síria, se possível, ainda este mês.

"As declarações feitas em Moscou representam um primeiro passo adiante muito importante. Mas no entanto", é apenas um primeiro passo”, disse Lakhdar Brahimi, emissário especial da Onu e da Liga Árabe para a Síria.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.