Turquia/acidente

Corpos de brasileiras mortas na Turquia não tem data para repatriação

Paris nesta manhã de terça-feira,21 de maio de 2013
Paris nesta manhã de terça-feira,21 de maio de 2013 meteo-paris.com

As autoridades turcas informaram nesta terça-feira (21) que não há data para a repatriação dos corpos das três brasileiras mortas no cidadente de balão na Turquia. Ellem Kohelman, Maria Luiza Gomes e Marina Rosas morreram no choque entre dois balões de ar quente na Capadócia, na manhã de segunda-feira.

Publicidade

As três turistas que morreram no acidente nesta sergunda-feira, faziam parte de um grupo de idosos que visitava a região, eram amigas e moravam no Rio de Janeiro. Segundo o Itamaraty, outros oito turistas brasileiros ficaram feridos no acidente, e um deles ainda estaria em estado grave.

A agência turca Anatolia cita sete brasileiros feridos. Outras vítimas da queda do balão são dez espanhois, três argentinos, um português e um portoriquenho. A maioria das vitimas teve fraturas, informou o governador da região da Capadócia. Alguns feridos permanecem hospitalizados e dois tiveram que ser submetidos a cirurgias.

O balão decolou às 6 horas da manhã pelo horário local da cidade de Göreme. De acordo com o governador da província, o acidente foi provocado pelo choque com a cesta de outro balão. Nessa colisão, o balão com as turistas brasileiras rasgou e caiu rapidamente.

Uma equipe da embaixada brasileira em Ancara foi enviada ao local para dar assistência as vítimas, auxiliar nos trâmites burocráticos e informar os familiares no Brasil.Uma investigação foi aberta pelas autoridades de aviação civil turca para descobrir as causas do acidente.

Os voos turísticos em balões cresceram muito nessa bela região da Turquia nos últimos anos. Hoje, existem 20 empresas no setor com uma frota de 120 balões contra apenas 6 empresas há 10 anos. Esse acidente na Capadócia acontece dois meses após a queda e explosão de um balão em Luxor, no Egito, que deixou 19 mortos.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.