Síria/Conflito

Rebeldes reforçam posição em Qousseir para enfrentar exército e Hezbollah

Des combattants de l’armée syrienne libre, à proximité d’Alep, le 27 avril dernier.
Des combattants de l’armée syrienne libre, à proximité d’Alep, le 27 avril dernier. REUTERS/Abdalghne Karoof

O líder da oposição síria fez um apelo para que todos os rebeldes se desloquem para defender Qousseir, cidade no centro do país que é alvo de uma ofensiva do exército sírio e do Hezbollah libanês. Em comunicado, o Exército Livre da Síria quer a ajuda de combatentes que estão em cidades vizinhas como Homs e Hama e também pede a criação de um corredor humanitário.

Publicidade

Segundo o Observatório de defesa dos Direitos Humanos, 25.000 civis estão retidos em Qousseir e os combates entre rebeldes e as forças do regime já deixaram mais de 100 mortos desde domingo. No plano diplomático, o Grupo Amigos da Síria se reúne nesta quarta-feira em Amman, na Jordânia, para preparar a Conferência de paz internacional sobre o país, prevista para o início de junho. No encontro os membros do grupo, que são favoráveis à oposição, vão discutir também meios de ajudar os rebeldes a combater o regime.

Já o vice-ministro das Relações Exteriores da Síria, Fayssal al-Mikdad deve se reunir nesta quarta-feira em Moscou com o chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, para preparar a Conferência sobre a Síria prevista para o início de junho, organizada pela Rússia e Estados Unidos.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.