Coreia do Norte/Cuba

Armas cubanas em navio norte-coreano são 'contrabando', diz Panamá

Autoridades do Panamá apreenderam navio norte-coreano que tentava atravessar o Canal do Panamá levando um carregamento de material militar cubano.
Autoridades do Panamá apreenderam navio norte-coreano que tentava atravessar o Canal do Panamá levando um carregamento de material militar cubano. REUTERS/Carlos Jasso

O governo panamenho chamou nesta quarta-feira, 17 de julho de 2013, de "contrabando" o carregamento de armas cubanas encontradas em um navio da Coreia do Norte que estava prestes a cruzar o canal do Panamá na semana passada. Cuba afirmou que se trata de armas de defesa "obsoletas" que seriam recicladas na Coreia do Norte. A Coreia do Sul comemorou a apreensão do navio norte-coreano e pediu que as Nações Unidas tomem medidas em relação a isso.

Publicidade

"A carga é ilícita porque não foi declarada. O que não estiver declarado, mesmo que seja obsoleto, é contrabando", disse a um canal de televiséao o ministro panamenho da Segurança e advogado especialista em direito marítimo, José Raúl Mulino.

O governo de Cuba confirmou que as armas encontradas a bordo do navio norte-coreano interceptado na  semana passada no Canal do Panamá pertencem à ilha.

Em comunicado divulgado na noite desta terça-feira, o Ministério das Relações Exteriores cubano declarou que o cargueiro norte-coreano Chong Chon Gang transportava 240 toneladas de armas de defesa obsoletas, incluindo mísseis, peças de foguetes e de aviões de caça fabricados, de acordo com a nota oficial, no meio do século passado. O material seria reciclado na Coreia do Norte, mas depois retornaria para Cuba, segundo a versão do governo de Havana.

Especialistas em defesa do instituto IHS Jane's, baseado em Londres, examinaram as fotos do carregamento apreendido postadas no Twitter pelo presidente do Panamá, Ricardo Martinelli, e chegaram à conclusão que o navio transportava um radar de sistema antimísseis desmontado, da época da União Soviética.

De acordo com este instituto londrino, Cuba pode ter planejado enviar esse velho radar à Coreia do Norte para ele ser modernizado. O regime cubano é um dos poucos países do mundo a apoiar os colegas comunistas da Coreia do Norte.

Coreia do Sul

Nesta quarta-feira a Coreia do Sul comemorou a apreensão do navio norte-coreano ao largo do Panamá suspeito de carregar armas e pediu que as Nações Unidas tomem medidas em relação a isso.

“Se o carregamento corresponder a uma violação das resoluções das Nações Unidas, esperamos que o comitê de sanções do Conselho de Segurança tome rapidamente medidas relevantes”, disse o Ministério das Relações Exteriores em um comunicado.

Mas o ministério se negou a confirmar uma notícia da agência Yonhap, segundo a qual os equipamentos militares presentes no navio seriam partes de mísseis proibidos por resoluções da ONU.

Na terça-feira o Panamá informou ter encontrado equipamento military que se acreditava serem mísseis escondido em uma carga de açúcar, durante uma revista em busca de drogas.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.