Acessar o conteúdo principal
China/Bo Xilai

Processo de Bo Xilai tem início nesta quinta-feira

Um repórter em frente ao tribunal onde ocorrerá o julgamento de Bo Xilai
Um repórter em frente ao tribunal onde ocorrerá o julgamento de Bo Xilai Reuters/路透社
Texto por: RFI
2 min

Dezenas policiais foram destacados nesta quarta-feira para garantir a segurança no tribunal popular da cidade chinesa de Jinan, onde acontece o processo do ex-dirigente Bo Xilai, 64 anos, nesta quinta-feira.

Publicidade

Acusado de corrupção, desvio de dinheiro público e abuso de poder, o ex-secretário do Partido Comunista da cidade de Chongquing, no sudoeste do país, não aparece em público há quase um ano e meio. Ele pode ser condenado à pena de morte.

O caso veio à tona em 2012, e provocou uma grande polêmica no país, mostrando os métodos utilizados nos bastidores do partido na luta por cargos no alto escalão.

Para evitar incidentes no tribunal, o acesso foi reforçado, com a presença de policiais civis. Uma manifestação que reuniu pouco mais de dez pessoas foi rapidamente coibida pela polícia, que deteve vários participantes. Eles protestavam contra a diferença de tratamento na Justiça entre altos funcionários e simples cidadãos.

Ainda não se sabe quanto tempo vai durar o processo, mas a expectativa é de que ele seja curto e não demore mais do que um ou dois dias. Teoricamente a cobertura da imprensa foi autorizada, mas os jornalistas precisaram se credenciar junto às autoridades locais. Os grandes jornais chineses também foram orientados a utilizar apenas os textos e fotos fornecidos pela agência oficial do país.

Em agosto de 2012, a imprensa estrangeira não teve acesso à sala de audiência onde foi julgada a esposa de Bo Xilai, Gu Kailai, reconhecida culpada pelo assassinato de um empresário britânico.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.