Acessar o conteúdo principal
Madagascar

Suspeitos de tráfico de órgãos de crianças, três homens são linchados em Madagascar

Ilha de Nosy Bé, no norte de Madagascar.
Ilha de Nosy Bé, no norte de Madagascar. Getty Images/Tom Cockrem
Texto por: RFI
2 min

Três homens foram linchados nessa quinta-feira na ilha turística de Nosy Bé, norte de Madagascar, para vingar a morte de um menino de oito anos, cujo corpo mutilado foi encontrado na véspera em uma praia da ilha paradisíaca. Os três homens, um francês, um italiano e um malgaxe, foram massacrados por um grupo de 300 pessoas.

Publicidade

Os três homens foram massacrados em momentos diferentes e jogados vivos numa fogueira, com base em boatos de que faziam parte de uma rede de tráfico de órgãos internacional e eram responsáveis pela morte do menino. 

A polícia malgaxe confirmou que os órgãos genitais e a língua do garoto foram arrancados, mas também trabalha com a pista de sacrifício da criança para rituais de magia negra comuns na região. Por enquanto, não há indícios de que os dois europeus e o malgaxe linchados tenham ligação com o tráfico de órgãos.

O francês e o italiano tinham em seus passaportes várias passagens pela ilha. Quanto ao malgaxe, havia um boato de que ele já tinha vendido um filho. A polícia investiga as circunstâncias dessa vingança coletiva e do assassinato do garoto.

Apesar da intervenção das autoridades, ainda há rumores, nesta sexta-feira, de que um quarto homem, dono de um hotel, está sendo procurado pela população por envolvimento no crime.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.