Acessar o conteúdo principal
Vulcão/Indonésia

Erupção de vulcão na Indonésia mata pelo menos onze pessoas

Moradores de Sukameriah, na ilha de Sumatra, Indonésia, socorrem homem atingido pela erupção do vulcão Sinabung.
Moradores de Sukameriah, na ilha de Sumatra, Indonésia, socorrem homem atingido pela erupção do vulcão Sinabung. REUTERS/S Aditya
1 min

Pelo menos 11 pessoas morreram neste sábado (1°) após a erupção do vulcão Sinabung, na ilha de Sumatra, no oeste da Indonésia, segundo informações da Agência Nacional de Gestão de Catástrofes. As atividades do vulcão se intensificaram nos últimos meses e a cratera vinha expelindo regularmente cinzas incandescentes a milhares de metros de altitude. Mais de 28 mil pessoas deixaram a ilha nos últimos meses.

Publicidade

As onze vítimas fatais foram atingidas no povoado de Sukameriah, incluindo quatro estudantes que participavam de uma excursão ao vulcão. Várias pessoas sofreram queimaduras.

Equipes de emergência lutavam contra a espessa camada de fumaça para ajudar outras vítimas, até que as operações fossem interrompidas por causa da grande quantidade de gases tóxicos e das partículas ainda expelidas pelo vulcão. O número de mortos pode aumentar, temem as autoridades.

Mais de 28 mil pessoas tiveram de ser retiradas da ilha, nos últimos quatro meses por causa das cinzas, lava e rochas que o vulcão vem cuspindo. O Sinabung, com altitude de 2460 metros, é um dos cerca de 130 vulcões em atividade na Indonésia, país que é um arquipélago situado no “círculo do fogo” do oceano Pacífico.

A erupção mais violenta na Indonésia nos últimos anos foi a do Merapi, perto da cidade de Yogyakarta, no centro da ilha de Java. No final de 2010, uma explosão do vulcão causou mais de 350 mortos.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.