Síria/Estado Islâmico

Combatentes sírios chegam a Kobani para lutar contra grupo Estado Islâmico

Contingente de combatentes curdos iraquianos em direção a cidade de Kobani na Síria.
Contingente de combatentes curdos iraquianos em direção a cidade de Kobani na Síria. REUTERS/Kadir Baris

Os primeiros combatentes curdos, vindos do Iraque e que devem reforçar o contingente curdo sírio que luta contra os extremistas do grupo Estado Islâmico, já estão a caminho da cidade síria de Kobane. Eles chegaram nesta madrugada à Turquia e seguem em três ônibus à Síria.

Publicidade

Segundo as autoridades turcas, além dos curdos,150 combatentes do Exército Sírio Livre atravessaram a fronteira durante a noite no posto de Mursitpinar. A informação foi confirmada pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que afirma, entretanto, que se tratam de apenas 50 combatentes.

De acordo com a agência de imprensa pró-curda Firat, eles chegaram a Kobani, situada no norte da Síria, em oito veículos. A Turquia, que defende a queda do presidente Bachar al-Assad como solução para a guerra civil que assola o país desde 2011, apoia a causa do Exército Sírio Livre.

Comboio de peshmergas também reforça ofensiva contra grupo Estado Islâmico

Por terra, um outro comboio de quarenta veículos transportando armamento pesado e outro grupo de soldados peshmergas, como são conhecidos os curdos iraquianos, também chegaram nesta madrugada à Turquia.

A passagem do reforço militar pelo território turco foi bloqueada por Ancara, que se recusa a participar militarmente do conflito. Mas, sob pressão dos Estados Unidos, há uma semana, o governo autorizou a passagem dos combatentes peshmergas.

Nos próximos dias, os curdos iraquianos devem se unir aos combatentes em Kobane. Com a ajuda dos bombardeios da coalizão liderada pelos Estados Unidos, os curdos sírios conseguiram conter o avanço dos extremistas, mas a situação segue instável na região.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe todas as notícias internacionais baixando o aplicativo da RFI